Case Study McDonald’s Portugal: como ter um bom atendimento online?

Case Study McDonald's Portugal: como ter um bom atendimento online?

Presente em Portugal há 30 anos, a McDonald’s Portugal procurou desde sempre acompanhar a evolução do digital e comunicar com os seus clientes de forma eficiente. Nesta constante busca pela inovação, surgiu a parceria entre a McDonald’s Portugal, a Elife e o Buzzmonitor. Assim, exploramos o Case Study McDonald’s Portugal e descobrimos como ter um bom atendimento online.

“Acreditamos que o bom desempenho digital também é fruto de parcerias estratégicas – como por exemplo com a Buzzmonitor – que nos ajuda a gerir toda a informação que recebemos dos nossos consumidores e a dar uma resposta de forma relevante, em prol da sua maior satisfação.”
Sérgio Leal, Diretor de Marketing e Comunicação McDonald’s Portugal

 

Case Study McDonald's Portugal: como ter um bom atendimento online?

Case Study: Mcdonald’s Portugal

O DESAFIO

Com os pontos de contacto com os clientes a multiplicarem-se, a McDonald’s tinha o desejo de evoluir no digital. Nesse sentido, queria conseguir encontrar uma solução integrada, simples e prática de acompanhar e atender todos os seus clientes.

Assim, a Elife teve o desafio de uniformizar o atendimento e comunicação da McDonald’s enquanto marca com o seu público. Da mesma forma como com os 185 restaurantes espalhados por todo o país.

A SOLUÇÃO

A Elife assegura aos seus clientes os 3 pilares essenciais para montar uma operação de Social Intelligence e Atendimento Centralizado. Nesse sentido, tem a tecnologia assegurada pelo Buzzmonitor, as pessoas formadas para trabalhar inteligência digital e os processos, testados e comprovados ao longo dos mais de 15 anos de atuação neste mercado.

Primeiramente, em tecnologia, a empresa é proprietária da plataforma Buzzmonitor, que garante o Listening, Atendimento Integrado – automatizado e humano, Análise de Performance e Insights. 

As pessoas consistem numa equipa especializada em análises de dados e em atendimento e relacionamento criativo com os consumidores.

Por fim, os processos estão testados e otimizados, pois a Elife já conta com mais de 12 anos de experiência em atendimento digital.

O RESULTADO

Nesse sentido, ao contarem com o Buzzmonitor, uma plataforma que centraliza o atendimento e a análise dos pontos de contacto entre a marca e o cliente (atendimento omnichannel), a McDonald’s passou a ter uma perceção global de tudo o que está a acontecer com a sua marca, otimizando o fluxo de atendimento e com possibilidade de tirar insights importantes para a marca. 

Entre os vários benefícios da parceria entre a McDonald’s e a Elife surge também a possibilidade que a marca tem de acompanhar o buzz gerado nas social media, nomeadamente fora dos seus canais próprios, sobre os mais variados temas, assegurando um melhor entendimento do seu cliente e das tendências de mercado.

RESUMO

Em suma, foram necessários só 6 meses para a operação ser otimizada e a McDonald’s conseguir ter uma visão unificada dos seguintes pontos de contacto: Email, Redes sociais (Instagram, Facebook, Linkedin, Youtube e Twitter), Portal da Queixa, Livro de Reclamações, e até suportes digitais da marca como site e app. 

Definitivamente esta parceria deverá alargar-se a novos desafios! Esteja atento!

 

Quer melhorar o seu atendimento e comunicação com público? Então conheça o Buzzmonitor! A plataforma permite gerir as interações com os seus consumidores no espaço público e privado, e ainda obter métricas de performance do Atendimento ao Cliente. Numa única interface pode centralizar o atendimento das redes sociais, email, WhatsApp Business API, Google My Business.

Gostou de ler o “Case Study McDonald’s Portugal: como ter um bom atendimento online?” ? Leia o “Case McDonald’s Portugal: as marcas já utilizam a tecnologia certa para assegurar a presença omnicanal que tanto desejam?

Case Study McDonald’s Portugal: como ter um bom atendimento online?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo