Como é que os portugueses estão a reagir, no Facebook, às eleições nos Estados Unidos da América?

Nas últimas horas, os olhos do mundo têm estado focados nas eleições nos EUA. Sendo este um tema que afeta não só os Estados Unidos, mas o mundo inteiro, os portugueses têm partilhado também a sua opinião. 

Entre os dias 4 e 5 de novembro, o Buzzmonitor ativou a funcionalidade Social News, que monitoriza 839 páginas de Facebook de órgãos de comunicação social, organismos políticos e influenciadores para analisar o que se disse sobre as eleições norte-americanas.

A pesquisa foi realizada usando os seguintes termos: (“eleições” (“EUA” OR “america” OR “americanas” OR “norte-americanas” OR “estados unidos” OR “trump” OR “biden”))

No total foram recolhidos 15.400 depoimentos, que passamos a analisar.

 

1. Evolução diária

O dia com maior afluência de posts foi o dia 5, quinta-feira, com um total de 8841, correspondente a 57.4% do total. 

 

2. Evolução por hora

Nos gráficos acima, relativos aos dois dias, é possível ver que a hora em que foram partilhadas mais publicações relativas às eleições dos Estados Unidos da América foram as 8 horas da manhã, com um total de 2141 posts. As 13 horas da tarde também se destacaram com 1050, seguidas das 14 horas com 1010

 

3. Principais termos

O termo mais mencionado foi “Trump”, com 2349 menções, aparecendo em 17.5% dos posts. Em segundo lugar está “Biden”, com 1182 menções, tendo aparecido em 8.8% dos posts.  Em terceiro lugar está “Eleicoes”, com 1142 menções (8.5%). 

Destaque para o termo “Fraude”, associado às acusações feitas por Trump sobre fraude eleitoral e para “Ganhar”, “Vitória”, “Ganhou” e “Perder”, relacionados com a opinião pessoal dos portugueses quanto ao vencedor.  

 

4. Menções por candidato

Trump arrecadou 66.1% do número total de menções recolhidas relativas aos candidatos. Biden, por outro lado, aparece em apenas 33.9% destas.  

 

5. Sentimento por candidato

No que toca ao sentimento, ambos os candidatos têm um sentimento maioritariamente negativo. No caso do Trump, 74% das menções têm um caráter negativo, 23% neutro e apenas 3% são positivas. Quanto a Biden, 67% são negativas, 26% neutras e 7% são positivas.  

 

6. Principais emojis associados a “Trump”

Analisando os emojis mais utilizados nas menções a Trump, podemos ver que vários destes estão a rir ou com expressões que aparentam ser um pouco mais irónicas. Esta análise parece indicar que este tema está a ser “levado na brincadeira” por alguns portugueses. 

 

7. Principais emojis associados a “Biden”

De forma semelhante a Trump, os emojis associados a Biden também aparentam não ser muito sérios, sendo mais um indicador da falta de seriedade dos portugueses perante o tema.   

 

8. Destaques

Destaque para alguns posts de Social News sobre as eleições nos EUA que obtiveram um alto número de comentários. 

Destaque também para a SIC Notícias, com uma publicação sobre a vitória de Trump na Flórida, que obteve 1151 comentários

Na publicação do Observador sobre a vitória de Biden nos estados do Michigan e Wisconsin, foram partilhados 466 comentários.  

Na sua publicação, Eduardo Madeira partilha a sua opinião sobre o tema das Eleições norte-americanas e sobre Trump, e defende que é normal o mundo interessar-se pelo assunto. Este post arrecadou 199 comentários.  

Destaque para a Esquerda Net que obteve 71 comentários no seu post sobre o debate relativo às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América. 

 

Conclusões

Nos dias 4 e 5 de novembro, foram recolhidas 15.400 menções ao tema. O pico foi atingido às 8 horas da manhã, totalizando 2141 posts

Os principais termos mencionados foram “Trump” e “Biden”, assim como “Eleições” e “Votos”. Foram também mencionadas as palavras “ganhou”, “ganhar”, “perder” e “vitória”, utilizadas em juízos de valor sobre os dois candidatos. O termo “Fraude” também teve algum destaque, devido às acusações de Trump sobre fraude eleitoral. 

66.1% das menções feitas aos candidatos são relativas a Trump e apenas 33.9% a Biden. No caso de Trump, 74% destas menções são negativas, 23% neutras e apenas 3% são positivas. No que toca a Biden, 67% são negativas, 26% neutras e 7% são positivas. De uma forma geral, o sentimento associado aos candidatos é muito negativo, mas Biden consegue ter uma percentagem de sentimento positivo um pouco superior ao seu oponente.

Uma análise dos emojis mais associados a cada concorrente indicou que grande parte dos portugueses está a levar as eleições nos EUA um pouco “na brincadeira”.         

No tocante a Social News, foram destacados alguns posts que obtiveram um maior número de comentários. 

 

____________________________________________________________________________

 

Sobre o Buzzmonitor

O Buzzmonitor, plataforma proprietária do Elifegroup é um software de Social Business Intelligence que responde a todas as necessidades do universo de Social Media. 

Este software permite acompanhar, em tempo real, o que é dito sobre marcas e/ou temáticas nos espaços digitais, ativar e responder aos consumidores e ainda avaliar a performance dos canais digitais e fazer comparativos com a concorrência. 

Para saber mais sobre o Buzzmonitor, basta enviar um email para negocios@elifemonitor.com.

Como é que os portugueses estão a reagir, no Facebook, às eleições nos Estados Unidos da América?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo